31 de outubro de 2005

Entrevista com Dioni Capelari Silocchi

Confira a entrevista com o escalador caxiense Dioni Capelari Silocchi. Ele nos conta um pouco do seu início no montanhismo e fala também da escalada esportiva no Rio Grande do Sul. Segue abaixo na íntegra:

E aí Dioni, tudo beleza? Conta um pouco para nós como você descobriu a escalada?

Blz galera. Bom eu comecei na escalada por intermédio de um amigo, que diga-se de passagem nem escala mais, talvez se não fosse por ele hoje eu nem saberia o que é escalada. Mas quem realmente me mostrou como era realmente foi o Juliano, e foi aí que eu descobri que era isso que eu queria. E depois uma coisa foi levando a outra ...

Desde que você começou a escalar você realiza treinamentos?

Não, levei um tempo até começar na Esportiva mesmo. Até hoje eu paro com o treino e escalo só pela satisfação que isso me dá.

Atualmente, como é a base de seu treinamento?

Quando eu estou treinando forte mesmo, eu costumo determinar objetivos, normalmente a curto prazo ( uma via, um campeonato ou uma escalada em um lugar novo), e a partir disso o treino é esquematizado.

Qual o grau máximo atingido, em que via?

Foi na via Armagedon Upgrade 9C.vEssa via é bem do jeito que eu gosto ...

Independente do grau, qual a via que você mais gostou de ter encadenado?

Hmm... foram várias que eu gostei, acho que a Uglo, o anti-social foi um 8a Flash bem legal, a Sexo Algemas e Cinta-liga, foi um 8c muito bom. Mas a melhor foi a Gênesis 9b que eu gostei muito de ter feito.

O que falta na escalada esportiva do Rio Grande do Sul?

Não sei ao certo o que falta , mas espero consigamos suprir essa falta. Talvez o que falte seja o incentivo ou até mesmo o conhecimento. Mas tudo vem com o tempo.

O que você espera da associação e da federação de montanhismo de sua cidade e estado?

Espero que tenha mais apoio aos escaladores mais novos, principalmente por parte da associação daqui. Tem muito escalador novo pilhado por aí que nem sempre pode escalar em algum lugar diferente. E isso por quê ? porque ninguém apóia escalador que não faz décimo grau ou que não aparece tanto no cenário nacional. As associações, na minha opinião tem o dever de oportunizar isso aos escaladores iniciantes.

Qual a sua opinião sobre os campeonatos organizados no rio grande do sul?

Vem melhorando cada vez mais, mas a organização, pelo menos para mim, sempre deixa a desejar.

Quais são seus planos para o futuro?

Escalar cada vez mais , em lugares cada vez mais legais e mandar alguma vias importantes por aí.

Deixe um recado aí para quem está iniciando na escalada.

Escalar... Escalar... Escalar... e de tudo.